"Flagrante delícia" de Leonor de Sousa Bastos

quinta-feira, maio 30, 2013






Flagrante, do latim flagrante; ardente, evidente, praticado no próprio momento em que se é surpreendido.

Delícia, do latim delícia: sensação agradável, prazer intenso, voluptuosidade.

Flagrante delícia = É a delícia evidente, o prazer ardente, o doce que se come ou se acabou de comer.






Tendo frequentado o curso de Direito da Universidade Católica Portuguesa até 2005, Leonor de Sousa Bastos muda-se em 2006 para Palma de Maiorca para tirar um curso de Cozinha e mais tarde, em 2008 uma pós-graduação em Alta Cozinha, no mesmo ano em que surge o seu blogue flagrantedelícia.com. Ainda em Espanha, vai para Barcelona onde realiza um curso de pastelaria no Espai Sucre, uma das mais conceituadas escolas de pastelaria da Europa. É em 2010, em associação com o fotógrafo Miguel Coelho, que lança este livro, tendo a Editora Objectiva ganho com "Flagrante Delícia" um prémio na categoria de Design de Gastronomia.


"Considero o amor o ingrediente básico de qualquer cozinha, aquele que nos permite criar sem limites, aquele que marca a nossa memória e o único que evocamos com saudade. É por isso que não há comida como a da minha mãe e que recordo a minha avó Leonor como a melhor cozinheira do mundo. É por isso que há um sabor insubstituível para cada um de nós, capaz por si só de despertar todos os sentidos."
                                                                                            
Palavras de Leonor de Sousa Bastos na introdução ao livro, com o título " Um acto de Amor".


Composto por 127 páginas e 50 receitas, o livro contém 8 capítulos:

  • Pequena  introdução à pastelaria
  • Bolos
  • Tartes
  • Bolachas
  • Guloseimas
  • Doces de colher
  • (a) Típicas
  • Extras

Pequena introdução à pastelaria
Quatro páginas recheadas de informação básica mas muito útil sobre os aspectos mais importantes da confecção de pastelaria. 

Bolos
Oito propostas de bolos para partir, repartir e sorrir. As receitas são tão simples quanto  bolo de chocolate, bolo de cenoura e nozes ou bolo mármore de café e frutos secos, mas também bolos mais "delicados" como os bolos de toffee com calda de laranja ou os financiers de gengibre e sementes de sésamo.

Tartes: amassar, estender e folhear é o segredo
Embora não use massa estendida, o crumble de caril com pêra e côco é a primeira receita deste capítulo, e muito bem pois esta parece ser uma combinação de sucesso. Mais clássicos, temos uma tarte de chocolate e framboesa e a tarte de limão e morango. Utilizando massa folhada, a proposta é uma receita de pequenas tartes recheadas de frutos secos e cobertas com um glacé de limão.
Uma receita diferente, a tarte de queijo creme feita com massa filo e completada com uma calda de limão e laranja.

Bolachas que se trincam entre dois dedos de conversa

Um conjunto de receitas que torna a escolha difícil, pois vamos querer experimentar todas: bolachas de chocolate (negro e branco), cacau, manteiga e especiarias. Mais ousadas, as bolachas de banana recheadas com leite condensado, os sablés de azeite, limão e sementes de papoila, e as bolachinhas de pistáchio, simples mas muito vistosas.
Finaliza este capítulo com as clássicas telhas de amêndoa, cuja massa pode ter o formato que se quiser.

Guloseimas: os doces não se medem aos palmos

Doces pequenos no tamanho mas certamente grandes no sabor, onde se destacam: tâmaras recheadas com creme de amêndoa e iogurte, morangos com merengue e balsâmico, e 3 variedades de trufas.

Doces de colher: 1,2,3, uma de cada vez

Começa com um iogurtecake, uma receita base coberta com geleia de alperce mas que pode ser preparada com outras coberturas a gosto. 
Inclui 3 cremes: bruleé (com morangos e pimenta), de amêndoa (com cerejas) e de laranja.
Temos depois um semifrio, um tiramisù, uma mousse, um pannacotta e um flognarde, ou seja percorremos muitas das sobremesas de colher clássicas mas sempre com aquele toque final tão especial que a Leonor nos sabe dar.

(a) Típicas: velho, novo e emprestado

Aqui a conversa é outra. Para os mais ousados na cozinha, as propostas apresentadas são certamente um desafio, pois cada receita apresenta entre 4 a 7 componentes diferentes, transportando-nos para um nível de cozinha diferente do habitual. Impossível? Talvez não. Mesmo correndo o risco do resultado final não ser o esperado, quem gosta de pastelaria não pode deixar de experimentar. Para aguçar a curiosidade, estas são duas das propostas apresentadas:
- Floresta negra: composto por trufa de chocolate e azeite, pão de ló de cacau, calda de marrasquinho, doce de cereja, coulis de cereja e natas com baunilha.
- Porto: composto por savarin, calda de canela e Porto, geleia de uvas e vinho, mousse de chocolate cozida, gelatina de mel e especiarias, zabaione de Porto branco e crocante com passas.

No capítulo final de Extras ainda temos algumas explicações extra sobre flores cristalizadas, maçapão, sal de limão, cristais de fruta, ar e massa folhada invertida.



"Assim, este livro não poderia ser mais do que um acto de amor. O amor que cria, renova e renasce, o amor em que acredito como condição única de felicidade, verdade legitimadora, impulso vital que me trouxe até aqui e que me vai levando mais além.
Este é o convite para um dia especial, um dia ao acaso, um dia tão doce que dispense quaisquer palavras..."

                                                                                            Leonor de Sousa Bastos


You Might Also Like

4 comentários

  1. Já procurei recentemente este livro e não encontrei.

    Adoro as receitas da Leonor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa!
      Há pouco tempo vi na FNAC Colombo, mas sei que já não é fácil de arranjar. Talvez a Editora Objectiva tenha na Feira do Livro de Lisboa, que decorre até dia 10 de Junho, têm lá um stand!

      Eliminar
  2. Olá,

    eu encomendei o meu pela Wook e acho que ainda está disponível.
    A Helena não me sabe dizer onde posso encontrar este livro: "O Grande Livro da Pastelaria", da editora Parragon?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra!
      penso que pode comprar na Fnac: http://www.fnac.pt/Grande-Livro-de-Pastelaria-V-A/a542542
      beijinhos

      Eliminar

Google+ Followers

Following on Google

ABOUT AUTHOR

Subscribe